insights

Como as empresas estão usando a Realidade Virtual, Aumentada e Mista?

Todo mundo já ouviu falar ou teve algum contato com realidade virtual, aumentada ou mista. Mas você sabe a diferença entre elas? Como essas tecnologias estão mudando e impactando o cenário atual de várias empresas?


O mundo está passando por uma evolução tecnológica muito relevante e cada vez mais o ciclo dessa evolução gira mais rápido. A maioria das pessoas têm a ideia de que o futuro é sempre amanhã, mas na realidade esse futuro já é presente, e algumas empresas já pensam assim. 


Pense no ciclo tecnológico dos celulares, desde o surgimento do primeiro celular, em 1956 - um Ericsson MTA (Mobilie Telephony A) com 25 cm de comprimento e 7 cm de largura, pesando “apenas” 1 quilo e com uma bateria que durava 20 minutos. Agora veja os smartphones, cada vez mais leves, com uma capacidade de processamento ultra-rápida. A tendência é exatamente esta: diminuição do aparelho (hardware) sempre pensando na comodidade e uso, assim essa tecnologia será cada vez mais wearable (vestível). 


O mesmo acontece com a Realidade Virtual, Aumentada e Mista. Hoje essas “realidades” são tratadas individualmente pela aplicação específica de cada uma delas, mas a tendência é que elas se mesclem em uma única solução resultando na Realidade Estendida - Extended Reality (XR).


A adoção dessas tecnologias nas organizações incorpora novas possibilidades de treinamento dos colaboradores e reinventa as experiências entre os clientes e seus produtos e serviços. Claramente essas tecnologias podem ser aplicadas em setores da indústria, saúde, educação, varejo, entretenimento, construção, aeronáutica, turismo, entre diversos outros nas mais diversas áreas da organização.  


Veja alguns números bem relevantes do uso dessas soluções em alguns setores:


Esses números bem são relevantes, pois todos esses projetos foram customizados para cada desafio e estão diretamente alinhados com os objetivos e metas de cada setor ou organização. Assim fica fácil mensurar resultados, além dos ganhos com o uso dessas tecnologias: melhor absorção do conteúdo, maior eficiência em procedimentos internos, redução de custos em treinamentos, entre outros. 


Agora vamos explicar cada uma dessas realidades e compartilhar alguns exemplos de aplicação em empresas.


Realidade Virtual - Virtual Reality (VR)

É muito conhecida hoje através do setor de games. Em resumo, é quando você é transportado para um outro lugar, ou seja, você sai do mundo real e é inserido em um conteúdo imersivo, que pode ser produzido em computação gráfica ou áudio visual 360. Hoje a imersão em VR pode ser realizada através de smartphones que tenham uma capacidade suficiente para processar o conteúdo com óculos-suporte para esse smartphone (Google Card Board, Samsung Gear, entre outros) 


Essa opção é interessante para um experiência rápida e diferente, mas não é a ideal em vista do conforto e sensação de imersão. Uma melhor opção é utilizar óculos específicos de realidade virtual (Oculus Go, Rift, HTC, etc), nos quais não há a necessidade do uso de smartphones, são mais confortáveis, mais leves e não esquentam, resultando em uma experiência de mais qualidade e hiperrealista. 


Veja dois exemplos de aplicação dessa tecnologia em áudio-visual 360 e em computação gráfica:


Realidade Aumentada - Augmented Reality (AR)

Na visão objetiva, você vê o que está realmente acontecendo e elementos são inseridos nessa visão. A realidade aumentada permite a inserção de elementos virtuais na visão do mundo real. O acesso a esse tipo de tecnologia pode ser feito por smartphones, tablets ou óculos de realidade aumentada - óculos de alta tecnologia que proporcionam maior conforto e liberação das mãos - ótimo para a utilização em empresas. 


Veja dois exemplos de aplicação de realidade aumentada:




Realidade Mista - Mixed Reality (MR)

A realidade mista (MR) é a fusão do mundo real e virtual para produzir novos ambientes e visualizações onde objetos físicos e digitais coexistem e interagem em tempo real. Para exemplificar veja aqui esse protótipo de realidade mista*:


Realidade Estendida - Extended Reality (XR)

A realidade estendida (XR) é um termo que se refere a todos os ambientes combinados, reais e virtuais, e interações homem-máquina gerados por computadores e wearables. Inclui formas representativas, como realidade aumentada (AR), realidade virtual e realidade mista (MR).  Atualmente está em estágio inicial, com muitas reformas a serem feitas.

Se analisarmos o cenário atual, percebemos que os objetos virtuais apresentados estão quase, mas ainda não são realistas. Para os objetos estáticos e dinâmicos, as luzes gráficas não correspondem exatamente à luz do mundo real, criando assim uma lacuna entre os objetos reais e virtuais. Com a tecnologia já existente, podemos distinguir de imediato os objetos reais dos virtuais. O foco dos especialistas hoje é preencher essa lacuna. 


Estamos em uma transformação tecnológica constante com um universo de soluções, mas as que se diferem são aquelas que mostram resultados efetivos para as organizações. As realidades virtual, aumentada e mista têm um potencial de impacto significativo nas organizações, com aplicações reais, retornos efetivos e resultados válidos.



Sobre o Autor


Christiano Bem

Managing Director na Rokkets

christiano@rokkets.digital



Christiano Bem é Formado em Comunicação Social da Universidade Metodista de São Paulo, pós-graduado em Gestão Empresarial na Fundação Getúlio Vargas e possuí especialização em Transformação Digital. É Managing Director na Rokkets colaborando com soluções para os desafios mais complexos de seus clientes.

Receba nossos conteúdos

TECNOLOGIAS

WorkPlace

  • LinkedIn Rokkets
  • Instagram Rokkets
Logo Rokkets Digital Branco.png

© 2015 - 2020 Rokkets - Todos os direitos reservados.